Iniciando pela terminologia, Outplacement refere-se ao processo de transição de carreira, ou seja, quando um profissional muda de emprego, seja para uma nova vaga no mundo corporativo, seja empreendendo.

O Replacement é o processo que ocorre quando um profissional desempregado busca um novo trabalho.

Em ambos os casos, os melhores resultados são alcançados com planejamento, dedicação na execução e perseverança.

Os programas de Outplacement e Replacement ajudam os profissionais a cumprir as etapas essenciais para uma mudança positiva na vida e na carreira, que são:

1.     Autoconhecimento e definição de objetivo – através de testes de personalidade e coaching de carreira, identificam-se os talentos, pontos fortes e fracos, valores pessoais, bem como objetivos pessoais e profissionais que guiarão a busca por oportunidades realmente alinhadas ao perfil do profissional.

2.     Planejamento estratégico e preparação – nesta etapa são desenvolvidos currículo, carta de apresentação e perfil do LinkedIn. Também são feitas simulações de entrevista com feedbacks de melhoria, e é preparada toda a estratégia de marketing pessoal e networking.

3.     Ação – Ativação da rede de contatos do profissional e dos consultores, busca e inscrição em processos seletivos, conexão com headhunters e demais possíveis empregadores.

As principais vantagens de se usar esses programas são:

1.     O Autoconhecimento conduz a uma definição clara de quais empresas ou trabalhos estão realmente alinhados aos anseios pessoais e profissionais. Saber escolher assertivamente o novo emprego é essencial para se alcançar o sucesso;

2.     Através de técnicas de SEO, o perfil do LinkedIn é preparado para que fique muito mais atrativo e seja mais facilmente encontrado pelos recrutadores;

3.     Técnicas de headhunting ajudam o profissional a encontrar mais facilmente as oportunidades disponíveis e conseguir um primeiro contato com o recrutador;

4.     As simulações de entrevista com devolutiva preparam o profissional para saber como encantar os recrutadores;

5.     O tempo médio de recolocação para quem investe em um programa de Outplacement ou Replacement é de aproximadamente 4 a 5 meses, contra 8 a 9 meses da média atual de mercado. Ou seja, o investimento já se paga no primeiro mês de trabalho.

Para saber mais, entre em contato comigo por e-mail ou nas redes sociais. Será um prazer ajudar!

Um abraço e sucesso!

Hugo Liguori é diretor da DNA Outplacement Brasil, engenheiro e ex-headhunter com experiência em recrutamento e seleção. Para saber mais sobre o assunto ou sobre a DNA Outplacement, contate-o pelo e-mail hugoliguori@dnaoutplacement.com.br.

Comments

comments