A maioria das pessoas passa boa parte do dia trocando e-mails e outras mensagens nas redes sociais, ou falando ao telefone. Pense nas suas interações sociais. Em geral, você se sente animado ou inspirado, sente que estas interações podem agregar algo de positivo na sua vida, ou é apenas mais do mesmo? Se não contribuem de maneira positiva na sua vida, pergunte a si mesmo: você está interagindo da forma correta e com as pessoas certas?

Pensando no seu futuro, você saberia dizer com precisão como estará sua vida daqui a cinco anos? Difícil, não? E daqui a um mês? Onde exatamente estará? O que estará fazendo? Com quem? Saberia responder a todas estas perguntas com precisão? E se houver algum contratempo? A verdade é que ainda não é possível prever o futuro. Cada segundo que passa marca a passagem inexorável do tempo, um recurso “não-renovável” que todo mundo deseja ter mais. Portanto, talvez seja o momento para começar a aproveitar melhor o seu tempo, escolhendo conscientemente e sabiamente como e com quem gastá-lo.

Então aqui vão três dicas para saber construir a rede que mudará seu futuro:

  1. A primeira impressão é muito importante!

Mais do que “o que você faz”, as pessoas vão se lembrar de “quem você é”. Na próxima vez que for se apresentar a alguém, lembre-se disso. Redija uma pequena apresentação pessoal, leia e releia, faça alterações e treine o discurso. É importante que seja claro, objetivo e fácil de recordar, para que a pessoa para quem você se apresentar consiga gravar facilmente na memória e tornar-se um multiplicador da sua “marca pessoal”. Pratique esta apresentação sempre que conhecer uma nova pessoa, reflita se está do seu agrado e faça alterações sempre que julgar necessário.

Além disso, interesse-se verdadeiramente pela história da outra pessoa. Esqueça o celular e demais possíveis distrações, e concentre-se no seu interlocutor. Procure absorver o máximo do que ele está falando, para que, conhecendo-o melhor, você possa interagir de forma cada vez mais profunda.

E o mais importante de tudo, lembre-se do seu nome! O nome é o som mais doce que qualquer pessoa pode ouvir. Basta pensar que, não importa onde você esteja ou o que esteja fazendo, se você ouvir o seu nome, sua atenção será instantaneamente atraída para a pessoa que o pronunciou.

  1. Retome o contato

Após esta apresentação, você sempre terá uma “porta aberta” para um novo contato. Dependendo da conversa que vocês tiveram, e principalmente se você prometeu fazer alguma coisa, retome o contato para estreitar o relacionamento e para cumprir com o que prometeu. Considere também compartilhar algo que reforce a primeira impressão que você esperava causar. Se este novo contato for com uma pessoa com potencial de influenciar sua vida nos próximos anos, você vai querer que ele saiba um pouco mais sobre você.

  1. Compartilhe

O melhor momento para construir uma rede é quando você tem algo a dar. Reflita sobre seus conhecimentos, experiências e interesses pessoais e profissionais. O que você tem para compartilhar com os outros? Considere, por exemplo, escrever artigos relacionados à sua área profissional, dar palestras gratuitas, ser mentor de alguém, compartilhar as lições que você aprendeu com “a experiência mais difícil da sua vida”. Todas estas ações ajudarão a reforçar a sua marca pessoal e a gerar empatia de quem recebeu algo de você.

Lembre-se destas três dicas quando conhecer a próxima pessoa que influenciará seu futuro de maneira positiva. Pense: se você conhecesse apenas uma pessoa a cada trimestre, dentro de dois anos você poderia ter uma vida que não é apenas diferente daquela que você está vivenciando hoje, você poderia ser mais rico por causa disso. Rico em experiências, em contribuições, em saúde e até mesmo financeiramente.

Comments

comments